Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘crescimento’

Ultrapassar os desafios, na fase de consolidação da empresa no mercado, é motivo de orgulho e tem gosto de vitória para os empreendedores que chegam lá.

Porém, alguns desafios continuam acompanhando os empreendedores entusiasmados e desejosos de crescimento.

A gestão familiar muitas vezes é a fonte de muitos problemas, tanto para empresa, quanto para a família.

A falta de planejamento deixa a empresa à deriva. Somado a isso, o empresário se depara com profissionais com baixa qualificação, o que limita a possibilidade de delegação e interfere na qualidade dos serviços e produtos.

Diante disso tudo, o empresário acaba ficando sem tempo para pensar estrategicamente, “porque tudo passa por mim”, dizem alguns empresários.

Eu já vi empresas com grande potencial de crescimento que decidiram não crescer. “Porque se eu crescer mais, não conseguirei mais ter o controle das coisas, meus braços não alcançam tudo”, dizem alguns.

Como crescer e manter a empresa sob controle? Equação difícil, não é?

Para entender o que ocorre ao longo da vida da empresa podemos observar a figura abaixo. Quando a empresa nasce, o empreendedor está buscando a fórmula de sucesso, entendendo o mercado, analisando quais produtos vendem mais, como lidar com fornecedores, clientes, funcionários. É um aprendizado que ocorre na prática do dia a dia, com erros e acertos.

Certamente,  as empresas vitoriosas são as que descobrem mais cedo a fórmula certa e são capazes de multiplicá-la.

Porém, para as empresas que querem continuar crescendo,  logo, logo, vão se deparar com o ponto em que a fórmula já testada não funciona mais, é preciso reinventá-la, promover mudanças para continuar crescendo. É o momento de reinvenção.

Leia mais e comente no blog Empreendedorismo e Planejamento.

Anúncios

Read Full Post »

Empresas que, juntas, representam 80% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro estão apreensivas com relação à crise internacional. No entanto, a confiança de que o País pode crescer entre 1,6% e 4% este ano permanece, informa o site InfoMoney.

A pesquisa, referente a janeiro, revelou que há confiança de que a inflação terá baixo crescimento, entre 3% e 5%, a taxa de câmbio sofrerá pouca alteração, ficando entre 5% e 9%, e as taxas de juros vigentes apresentarão queda entre 0,5% e 3%. O resultado é do Sensor Econômico do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), indicador criado para captar a expectativa do setor produtivo, lançado nesta segunda-feira (9) em São Paulo, na sede do Iedi (Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial).

O lançamento foi feito pelo ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Mangabeira Unger, e pelo presidente do Ipea, Marcio Pochmann. Leia o artigo completo no blog Café Empreendedor.

Read Full Post »