Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘sebrae’

Considerada um ponto de encontro para troca de conhecimento e interação entre empresários de diversas áreas e setores, a rede permite ao empresário que se tornar membro acompanhar notícias e dicas de negócios no Blog, tirar dúvidas e interagir com outros empresários no Fórum, ficar por dentro dos Eventos para empresários de todo o Brasil e colaborar com a agenda da rede. Além disso, há diversos vídeos e fotos com dicas, notícias e cobertura de eventos, com espaço para o próprio membro contribuir e postar.

Sou empresário é um lugar para os empresários falarem com outros empresários, compartilharem experiências corporativas, debaterem sobre o setor em que atuam, tirar dúvidas sobre negócios e contar sobre a empresa que possuem. Uma iniciativa que visa fomentar a necessidade de encontro, a troca de experiência e o aprendizado que possuem os empresários de todo o Brasil, de todos os setores.

Sou Empresário também está em outras redes, levando notícias, cases, dicas de negócios e empreendedorismo a todos, abrindo espaço para participação. Acompanhem!

Twitter

Facebook

Orkut

Read Full Post »

Todo ser humano idealiza um futuro brilhante, entretanto poucos profissionais realmente planejam de forma racional uma mudança de emprego, uma transição de carreira ou o início de uma vida empreendedora.

Planejar esse momento é crucial, afinal mudar dá trabalho. E se não der, fique atento, pois se você deseja sair de um patamar que já conhece para uma aposta em uma situação ainda desconhecida, não será fácil, mas também não será impossível.

Mergulhar de cabeça no que parece ser uma grande oportunidade sem cumprir etapas importantes do planejamento pode gerar insatisfação, perda de tempo, de dinheiro e desgastes desnecessários.

Para não errar nas escolhas quando novas oportunidades surgirem, é preciso ter clareza sobre sua situação atual e sobre as variáveis que servirão de base comparativa para uma tomada de decisão consciente. Você precisa dedicar tempo e disciplina para si e não deixar que problemas atuais e pontuais influenciem sua análise. Lembre-se que problemas sempre farão parte de qualquer emprego, carreira ou negócio e que nada é só problema e nada é só solução o tempo todo.

É você que escolhe para qual lado pretende levar sua vida. Se viver mergulhado nas atividades e rotinas que cegam para o que é efetivamente um problema e para o que pode vir a ser uma solução, você não conseguirá perceber as oportunidades que podem emergir nesse mesmo mar.

Não deixe a maré conduzir você. As grandes ondas devem ser surfadas de acordo com o estágio de desenvolvimento do atleta e se você ainda não estiver pronto, não adianta querer “se jogar no mar” ou será atirado contra as pedras.

Para não se machucar no que parece ser a onda rumo ao seu futuro brilhante, entenda seu estágio profissional. O que te leva a querer mudar agora?

Leia mais e comente no blog Lounge Empreendedor.

Read Full Post »

Planejar e administrar suas políticas de compra e de venda deve ser uma de suas grandes atribuições no dia-a-dia!

Você já observou que na ciranda financeira em sua empresa as contas as pagar chegam antes do contas a receber?

Bem, você é responsável por este desequilíbrio…

Para evitar situações de falta de dinheiro em caixa é necessário planejar criteriosamente e agir austeramente para “construir” um fluxo adequado de entradas e saídas de dinheiro no caixa. Para isso, é necessário saber comprar com prazos adequados para pagamento, baseado nas previsões de disponibilidade de dinheiro e/ou nas previsões de entradas por vendas a serem realizadas.

Também, é necessário planejar e estabelecer políticas de vendas de acordo com suas necessidades de dinheiro em caixa, com isso, existirão momentos (de falta de dinheiro em caixa) em que vender À VISTA com margem ZERO de lucratividade passa a ser um GRANDE negócio!

Quando?

Quando falta dinheiro para pagar contas de fornecedores e você dispõe de estoque para venda. É hora então, de vender sem margem (salientando que estamos falando de venda sem margem de lucratividade, outras variáveis como comissâo + impostos + fretes + embalagens devem ser contempladas).

Para que você saiba decidir de forma correta no momento propício é necessário que você tenha as seguintes habilidades técnicas:

  • saber planejar e projetar o seu fluxo de caixa;
  • saber calcular corretamente seus preços de venda visando calcular precisamente qual valor mínimo pode ser praticado;
  • saber estabelecer as ações necessárias para agir;
  • saber avaliar/acompanhar os resultados continuamente;
  • saber estabelecer ações de incremento ou reversão sempre que algo saia de seu curso programado.

Lembre-se: suas políticas para comprar e vender devem ser rigorosamente baseadas nas suas necessidades ou disponibilidades de fluxo de caixa!

Está preparado? Leia mais no blog Finanças.

Read Full Post »

Para muitas pessoas a empresa se resume ao balcão de atendimento, mas elas precisam aprender que é justamente ali que ela começa para o empreendedor.

Quando você descobre a vida que existe por detrás do balcão, não cheio de luzes, cores, e clientes, mas com muitos formulários, planilhas, alguns repletos de informações e ainda por serem preenchidos, novos desafios se apresentam exigindo mais atitude e determinação por parte do futuro empresário.

Neste ambiente, os dados da empresa podem, em uma primeira vista, estarem escondidos em caixas-pretas (que são na verdade na cor laranja), espalhados por diversos caminhos, alguns atalhos, mas o desbravador, sabendo utilizar as ferramentas adequadas terá acesso ao vasto universo de conhecimento sobre o negócio.

Assim a nossa aventura tem início. Leia mais e comente no blog Gestão de Negócios.

Read Full Post »

Quando a empresa se utiliza diariamente da facilidade de crédito nas instituições financeiras para recompor o fluxo de caixa, as pessoas diriam que alguma coisa não vai bem com o negócio, existe a necessidade de recompor o capital de giro, valor para a empresa atender a oscilação do caixa da empresa.

Já quando o empresário faz da sua empresa um sucesso, as pessoas diriam que o empreendedor é um sucesso, e o modelo de gestão implantado é o máximo, pois o capital de giro atende totalmente o caixa da empresa.

Nos dois casos, empresa e empresário são cúmplices em todas as ações praticadas, porém como a organização não consegue realizar nada sem o seu proprietário, este, principalmente, e seus colaboradores, se tornam os responsáveis pela condução do negócio.

Atualmente, com as facilidades disponibilizadas pelos bancos para a captação de dinheiro, como o adiantamento de recebíveis, cheques e cartões de crédito, o descontrole sobre as operações financeiras, deixa para o fluxo de caixa a insegurança de poder cumprir suas obrigações.

Quando para não perder mercado, os preços de venda são reduzidos a patamares desconhecidos, ou mesmo, conhecidos mais muito próximos da tênue linha que divide o lucro do prejuízo, os estoques, descontrolados, tentam atender todos os gostos do mercado, os prazos de pagamentos dos clientes são estendidos desmedidamente, neste instante a estrutura do barco não agüenta, começa a ter infiltrações, a navegação torna-se difícil e a possibilidade de sucumbir aumenta.

É bom lembrar que a redução dos preços deve ser seguida do aumento, em quantidade das vendas, pois o valor econômico por produto precisa ser mantido.

Exemplo:

Venda anterior: preço de venda R$ 12,00 vezes 100 produtos vendidos = R$ 1.200,00 (este é o valor econômico do produto no passado).

Venda atual: preço de venda R$ 10,50 vezes 100 produtos vendidos = 1.050,00 (este é o valor econômico do produto no presente).

Queda de faturamento de R$ 150,00, ou seja, para voltar ao valor econômico anterior de R$ 1.200,00, a empresa precisa vender mais 15 produtos (R$150,00 / R$ 10,50 preço atual= 14,3).

Aumentar as vendas em 15%, tarefa nada fácil, não é mesmo?

Assim, reduzir preços, sem analisar o potencial de mercado e os limites da empresa, pode se transformar em mais um problema para o capital de giro.

E se, além disto, haver um aumento no prazo de pagamento para o cliente, fato que exigirá mais dinheiro para o giro de caixa, a situação pode ficar mais grave.

Como evitar este caminho penoso na gestão financeira da sua empresa? Leia mais e comente no blog Gestão de Negócios.

Read Full Post »

Exigências pessoais, interpessoais, empresariais e mercadológicas levam cada vez mais o ser humano a buscar se diferenciar em sua forma de visão e atuação no mundo dos negócios.

Nas mais variadas formas de atuação mercadológica ou do tamanho da empresa, o mais importante é saber a visão dos dirigentes, pois sabemos que a empresa é a cara do dono, ou seja, suas características globais irão permear os caminhos internos e externos da empresa, proporcionando resultados diversos, os quais os irão gerar maior ou menor competitividade.

Diante da necessidade de se preparar, alertar, encaminhar e, principalmente despertar, fazer descobrir potencialidades, o Empretec vem através de um formato metodologicamente estudado e embasado desenvolver a partir de vivências específicas o potencial empreendedor daqueles que se candidatam e se encontram dentro do perfil que a metodologia pede para poder participar do Seminário.

Os resultados têm sido extraordinários, pois quando nos conhecemos mais e mais, sabemos como canalizar nossas potencialidades para o que desejamos, dessa forma nos tornando também exemplos para aqueles que conosco convivem no ambiente empresarial.

Também aqui ressaltamos que diante do interesse em ter um negócio próprio, muito mais nos direcionamos fazendo uso das ferramentas com maior foco e assim ampliando as possibilidades de obtenção de sucesso na ação empresarial.

Decisões simples do dia-a-dia, mas para quem tem um olhar, sentimento e ação empreendedora, torna-se diferenciada e geradora de resultados surpreendentes.

Ao mesmo tempo faz-se necessário buscar ter em sua empresa profissionais empreendedores, que tenham uma percepção de si, do outro e dos negócios dentro desse mundo que cada dia mais se torna competitivo, visionário.

Características como:

. estabelecimento de metas

. persistência

. persuasão e rede de contatos

. planejamento e monitoramento sistemático

. comprometimento

. busca de informações

Estas são algumas das características empreendedoras que o seminário Empretec busca desenvolver e muito mais potencializar, através de vivências e reflexões diversas, possibilitando aos participantes terem uma melhor e maior visão de si e do seu negócio, bem como do mercado e que passo dá, sonhando com as estrelas, mas com pés no chão.

Leia mais e comente no blog do Empretec.

Read Full Post »

O projeto RAIO é um projeto voltado para a articulação de vários atores (empresas, instituições, donos e usuários de Lan House) em torno de ações de fortalecimento, articulação e desenvolvimento das Lan Houses buscando a sustentabilidade do negócio e a geração de múltiplas oportunidades que estabeleçam um diálogo permamente entre as expectativas de empresas e instiuições e as dos donos de Lan House.

A rede digital do projeto Raio tem o objetivo de ser a arena social digital que permitirá a conexão dos atores envolvidos nesta caminhada e o pacto entre as suas expectativas, gerando negócios, desenvolvimento e o estabelecimento de uma rede inovadora e sustentável.

Este mapa vivo é um dos pilares do projeto RAIO onde as Lan House, assim como da comunidade que a cerca (que é um dos seus principais ativos) irão construir sua visibilidade para estabelecer este diálogo na rede.

Cadastre a sua lan house aqui.

Read Full Post »

Criada a rede Sou Empresário o novo ponto de encontro para troca de conhecimento e interação entre empresários de diversas áreas e setores. Perguntas, debates, discussões, informações sobre feiras, palestras, vídeos, congressos em todo Brasil.

Use e divulgue este espaço interativo. Este é o canal mais utilizado para conversar com outros empresários do mesmo setor ou de setores completamente distintos. Um canal de interação aberto para todos os empreendedores brasileiros. Aqui você é mais do que bem-vindo.

Read Full Post »

Tudo passa, tudo passará. Letra de música ou constatação piegas de gente com dor de cotovelo? Olhando assim de relance parece, mas se ampliarmos o escopo, com olhos para além do coração, vamos perceber que a frase tem muito ver com as mudanças constantes no mundo que nos cerca.

Associo essa expressão às tecnologias e às consequências que a evolução tecnológica acarreta em nossas vidas. Pessoal, profissional e social.

Para não ir muito longe, pensei na ascensão e queda da máquina de escrever. Não vai muito longe as escolas de datilografia começaram a fechar. Um negócio que praticamente se extinguiu e não conseguiu sequer ser substituído por escolas de digitação (as escolas de informática vão muito além disso ou não se sustentam).

Aliás, as pessoas hoje digitam naturalmente, é como se o teclado fizesse parte de suas vidas, crianças nascem sabendo digitar. E isso é resultado da disseminação do computador, que nos anos noventa começou a ocupar as mesas onde luziam as máquinas de escrever.

Datilógrafas foram mudando suas carreiras e sumiram pra sempre das empresas. Digitadores somos todos nós, nas mesas dos escritórios e nas de casa também.

A força dessas novas tecnologias, em todas as áreas, coloca no quadrante do esquecimento o que sabíamos, o como fazíamos e o como éramos.

E a velocidade dessa evolução tem nos provocado aprender e mudar cotidianamente.

A dificuldade é mudar com rapidez para associar um novo jeito de ser e fazer. Por isso, nossa tendência é usar a tecnologia medianamente, durante um tempo de adaptação, até entendermos que é possível e que podemos fazer diferente.

No campo da educação estamos vivendo um lindo processo de transição.

Temos à disposição um arsenal de ferramentas, mas ainda não conseguimos sair totalmente da sala de aula padrão. Assistimos a um processo de aprendizagem, com milhares de participantes: produtores de software, conteúdistas, professores, tutores, alunos. Todos envolvidos no mundo da educação a distância. Vivemos um momento histórico, que poderíamos chamar de “o Século Digital”, em que impera a autoria, a comunicação, a informação e a busca constante à construção do conhecimento. Quase uma realização do que se desejava no Século das Luzes, a libertação da tutela, dos dogmas, o esclarecimento e a possibilidade de cada um pensar por si mesmo.

Nem melhor, nem pior. Cada instituição, cada organização, cada empresa se apropria do mundo digital e faz da educação a distância sua possibilidade maior de atender mais pessoas. E as pessoas tem cada vez mais acesso ao sistema ensino-aprendizagem, não tanto pela oferta crescente, mas pela necessidade premente de atualização que o mercado exige.

Mas, tudo passa. E esse modelo também passará. Não que as pessoas irão parar de estudar e aprender. Pelo contrário, acredito que isso será cada vez mais necessário. É que será tudo diferente. Porque a tecnologia será melhor compreendida, melhor adaptada, diferentemente aproveitada. Leia mais e comente no blog Educação Sem Distância.

Read Full Post »

Define-se Inteligência social como aquela que permite a um líder escolher a forma social apropriada para grupos e departamentos – grupos de trabalho comprometidos, grupos autogerenciáveis – e orientar as pessoas em seus relacionamentos, enquanto a Inteligência emocional  está focada em sentir as emoções em tempo real e identificar a mensagem que está por trás delas.

Sabemos que nas organizações as pessoas são as responsáveis pelo sucesso da implementação da mudança. A organização deve conscientizar os colaboradores para as transformações que estão ocorrendo no mercado, e sobre o papel de cada um no processo de mudança. Nenhuma mudança organizacional é possível a menos que os indivíduos mudem seus comportamentos, suas atitudes, seus pensamentos para afetar e sustentar a mudança. Assim, para que as organizações mudem é preciso primeiro mudar as pessoas que residem dentro delas. Se as pessoas não vêem ou não sentem a necessidade da mudança, elas não se comprometem com o programa.Como isso é planejado e executado aí na sua empresa? Leia mais e comente no blog da Isabel Ribeiro.

Read Full Post »

Older Posts »