Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘pesquisa de mercado’

A definição do consumidor pode ser feita de várias formas: por características demográficas, geográficas e até mesmo psicográficas. Também pode ser determinada pelas características relacionadas à personalidade.

Se eu lhe perguntasse se a consumidora da Natura pertence à alguma classe social, a resposta provável, considerando o preço dos produtos, seria que seriam mulheres das classes A e B, certo? Errado.

Descobri hoje que mulheres que ganham até 2 salários mínimos são consumidoras da Natura e como elas não têm condições financeiras de adquirir produtos mensalmente, organizam-se em consórcios. Dessa forma, cada consumidora paga um pequeno valor mensal e, trimestralmente, recebem um crédito de R$ 50,00 para fazer pedidos.

O preço não é barreira para a aquisição de produtos. A classe C,D, merecedora de tantos estudos e debates, encontrou no financiamento uma forma de adquirir produtos de qualidade e de faixa alta de preços.

A definição dos mercados consumidores de produtos e serviços é cada vez mais tênue e de difícil precisão. A análise de elementos como preço não é suficiente. A definição de classes sociais também não.

A única certeza é  a exigência cada vez maior por produtos de qualidade em alguns segmentos de mercado como o de cosméticos. Possivelmente se a Natura não tivesse um sistema de distribuição porta a porta  jamais seria conhecida por esta consumidora que se organiza em grupos de auto-financiamento ou usa seus créditos de venda para adquirir os próprios produtos que vende.

Leia mais e comente no Mercado ao seu Alcance.

consumidores

Read Full Post »

Investimento inicial

 No caso do investimento inicial, muitas são as situações a considerar. Mas, antes de desembolsar o primeiro real, pesquise, estude e relacione todas as despesas que  terá, por exemplo, com o imóvel, instalações, equipamentos, contratações de serviços e de empregados, treinamento, documentação, legalização da empresa etc.

 Relacione esses valores conforme o prazo em que terá que desembolsá-los e então garanta que haverá disponibilidade de capital para os pagamentos. Por mais minucioso que seja na definição dos gastos que comporão seu investimento inicial, tenha certeza de que, quando iniciar a montagem da empresa, surgirão situações de gastos não imaginadas antes. Portanto, reserve uma boa quantia de dinheiro para esses imprevistos. Lembre-se também do “capital de giro”, isto é, do dinheiro que você precisará para pagar empregados, aluguel e despesas com o imóvel, luz, telefone, mercadorias etc. nos primeiros meses de operação e também como reserva de capital para suportar períodos iniciais com baixo volume de venda.

É de fundamental importância ter certeza de quanto vai gastar para montar a empresa e quando terá de efetuar cada pagamento. Veja exemplo no Beco com Saída.

Read Full Post »

Muitas pessoas despertam a idéia de abrir uma empresa e uma das primeiras perguntas que fazem:

v      para os amigos e familiares se gostam da idéia; e

v      para os consultores e similares quanto será o investimento.

 

O entusiasmo e a ansiedade de abrir são tantas e já procuram saber como legalizar e quanto possuem de recurso financeiro ou aonde poderão captar dinheiro para abrir o empreendimento.

 

O Detalhe é poucas começam a conversa com algo tão importante que o investimento. – Que é o conhecimento de mercado!

 

O “mercado”, falo o conhecimento quanto a:

 

a) Potenciais clientes motivações para compra, volume e frequência de compra;

 

b) Mix de produtos e serviços- quais os produtos e serviços que serão oferecidos de acordo o a demanda dos clientes;

 

c) Concorrentes – similares e de produtos substitutos. Saber quais seus pontos fracos e fortes;

 

d) Fornecedores – quem vai fornecer seu produto, insumo ou serviços. Seu preço, volume de compra e prazo de entrega.

 

Essas informações ditarão a infra-estrutura de seu empreendimento para melhor atender os potenciais clientes! Leia o artigo completo da consultora do Sebrae/PE, Conceição Moraes no Casos & Causos.

pesquisa-mercado

Read Full Post »

O especialista em pesquisa, Emmanuel Malta, faz uma série de reflexões sobre pesquisa de mercado. Quando analisamos as estatísticas e estudos disponíveis realizados pelo Sebrae, identificamos claramente que um dos principais motivos desta preocupante taxa de mortalidade é o desconhecimento do empresário sobre aspectos relacionados ao mercado. Embora a gestão e o planejamento sejam temas importantes, verificamos que, saber para quem se deseja vender e a que preço, são questões secundárias, o que é determinante para o fracasso dos negócios. Leia o artigo com as dicas no blog Beco com Saída.

Read Full Post »

Muitos empresários me questionam sobre o quão difícil é pegar informações de mercado e principalmente do concorrente.

Mas sempre alego que isso depende da estratégia utilizada. Em uma recente visita a capital paulista me surpreendi com as informações que tive da cidade e dos negócios através (pasmem) do taxista!

Uma boa conversa com um taxista na noite paulistana, tive boas informações dos empreendimentos que faziam sucesso na região em que me encontrava e principalmente os fatores de sucesso de cada um deles, o que os faziam se diferenciar em um mercado tão competitivo.

O taxista é um profissional do dia e da noite, que circula em vários estabelecimentos da cidade e inevitavelmente ouvem conversas, elogios e queixas de clientes, uma boa fonte de informações para quem quer montar um negócio!

Vale puxar papo! É claro que pela profissão, fui logo pedindo indicações de empreendimentos legais da capital, o taxista que há 40 anos na praça me deu a ficha técnica de padarias, casas noturnas e empreendimentos 24 horas da região.  Ao aprofundar a conversa obtive informações importantes dos locais como: público que freqüenta o local, horário de maior fluxo, dias de maior movimento, número de turnos, entre outras informações interessantes.

É claro que tais informações devem sempre ser passível de confirmação! Uma outra dica é visitar o empreendimento para que você mesmo tire as próprias conclusões.

Bem, meu caro candidato, vale a dica. Como dizia Angélica…vá de táxi! E comece suas pesquisas…

Samara Brandão

Analista de Desenvolvimento Empresarial

Sebrae-AC

Read Full Post »