Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘treinamento’

As micro e pequenas empresas representam 99% do universo empresarial nacional. Com as constantes alterações dos cenários mercadológicos e o aumentos da competitividade entre elas, torna-se imprescindível uma política especializada de gestão. Gerir requer três níveis básicos do conhecimento e da prática: saber gerir, querer gerir e o gerir com eficiência.

Mas a realidade não é muito animadora. A maioria dos empresários de micro e pequenas empresas não está preparada para a gestão empresarial. Apesar de dominarem tecnicamente a operação, os gestores empresariais dos pequenos negócios não gostam ou não sabem administrar processos. Podem até ser bons vendedores, mas muitos acabam atropelando a gestão de pessoas, por exemplo. Querem ganhar muito, mas negociando baixos salários. Desejam conquistar mercados, mas não investem em marketing especializado. Enfim, têm ótimas intenções, mas não conseguem sair do papel.

Prova disso, são recentes pesquisas realizadas pelo Sistema Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, SEBRAE, que comprovam que sete em cada dez empresas brasileiras encerram suas atividades antes dos cinco anos de vida, e o principal motivo a levá-las a isto é a falta de gestão por parte de seus administradores.

Como superar isso? Leia mais e comente no blog Comunicação Empreendedora.

Anúncios

Read Full Post »

Todo ser humano idealiza um futuro brilhante, entretanto poucos profissionais realmente planejam de forma racional uma mudança de emprego, uma transição de carreira ou o início de uma vida empreendedora.

Planejar esse momento é crucial, afinal mudar dá trabalho. E se não der, fique atento, pois se você deseja sair de um patamar que já conhece para uma aposta em uma situação ainda desconhecida, não será fácil, mas também não será impossível.

Mergulhar de cabeça no que parece ser uma grande oportunidade sem cumprir etapas importantes do planejamento pode gerar insatisfação, perda de tempo, de dinheiro e desgastes desnecessários.

Para não errar nas escolhas quando novas oportunidades surgirem, é preciso ter clareza sobre sua situação atual e sobre as variáveis que servirão de base comparativa para uma tomada de decisão consciente. Você precisa dedicar tempo e disciplina para si e não deixar que problemas atuais e pontuais influenciem sua análise. Lembre-se que problemas sempre farão parte de qualquer emprego, carreira ou negócio e que nada é só problema e nada é só solução o tempo todo.

É você que escolhe para qual lado pretende levar sua vida. Se viver mergulhado nas atividades e rotinas que cegam para o que é efetivamente um problema e para o que pode vir a ser uma solução, você não conseguirá perceber as oportunidades que podem emergir nesse mesmo mar.

Não deixe a maré conduzir você. As grandes ondas devem ser surfadas de acordo com o estágio de desenvolvimento do atleta e se você ainda não estiver pronto, não adianta querer “se jogar no mar” ou será atirado contra as pedras.

Para não se machucar no que parece ser a onda rumo ao seu futuro brilhante, entenda seu estágio profissional. O que te leva a querer mudar agora?

Leia mais e comente no blog Lounge Empreendedor.

Read Full Post »

Tudo é relacionamento. Das inteligências descritas por Gardner, a inteligência interpessoal tem ganho um destaque muito grande em estudos de comportamento. Entenda-se inteligência interpessoal como a capacidade de perceber o outro, decodificar o seu universo de idéias e interesses, valorizar sua história, dar importância às suas conquistas e projetos.

 

Existem várias teorias que tentam explicar porque uma pessoa/indivíduo consegue ter mais sucesso que outros nos relacionamentos. E nós sabemos, no mundo empresarial, o quanto é importante saber se relacionar. Seja com nossa equipe de colaboradores, com nossos sócios, nossos fornecedores, nossos clientes e em nossa vida pessoal.

 

Saber se relacionar é uma competência. E esta competência está diretamente relacionada à estratégia do nosso negócio. Ao lidar com seres humanos, é importante termos a clara consciência de que estamos frente a seres que tem por característica mais acentuada a emoção e, em segundo aspecto, a razão.

 

Isto posto, vem a pergunta: nascemos com esta facilidade de relacionar-se com empatia, ou é possível aprender a se relacionar com eficiência? Leia mais no Beco com Saída

rede

Read Full Post »