Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘paixão’

Para o consultor Marcílio Moreira, gostar da atividade em que trabalha é importante e contribui, principalmente, para que se tenha qualidade de vida, na fase inicial em que é exigida uma dedicação integral e total à empresa, porém apaixonar-se cegamente pelo que faz pode levar ao fracasso.

Todos nós conhecemos casos de pessoas que abrem suas empresas e em pouco tempo começam a enfrentar dificuldades, problemas com capital de giro e, de repente, a empresa fecha. Imediatamente nos vem o questionamento: Por quê?

Os motivos pelos quais escolhemos qual ramo de atividade que abrimos nosso negócios podem estar ligados à nossa própria história de vida, por exemplo:  o meu pai tinha sonho de ter uma loja para vender tinta, por isso abri uma lanchonete – a minha mãe vendia marmitas e seu sonho era um restaurante, por isso abri um.

A paixão é potencializada pelo sonho, isso é bom, mas o ruim é que muitas vezes temos apenas a visão romântica da atividade que pretendemos trabalhar, é como se você sonhasse com um restaurante, imaginando como seria receber seus clientes, dentre eles alguns amigos, você bem vestido à porta, conversando com os clientes, da maneira como sempre sonhou. Poucos são os que olham a atividade da maneira nua e crua. E você, como tem olhado para o seu futuro negócio? E se já tem o seu próprio negócio, como ele tem sido visto e analisado por você? Leia mais aqui e deixe o seu comentário.

coracaopartido

Read Full Post »

Sabem porque temos idéias quando estamos tomando banho? Como fazer para ter certeza que uma idéia é boa? Assim foi a palestra da Martha Gabriel CIO da New Media Developers no WebExpoFórum, especialista em SEO e SEM, inovadora, divertida e com uma enorme gama de reflexões, insights, críticas e sugestões. Em sua palestra foi apresentado, entre outras coisas, como podemos fazer para inovar. Segundo Martha a inovação nasce de um processo sistêmico que funciona da seguinte forma:

  

Observação – Fase em que observamos as condições, pessoas, problemas, recursos em fim, analisamos o ambiente. Para nascer uma idéia é fundamental a observação minuciosa de tudo o que pode envolver direta e indiretamente a idéia.

Interação – Diz respeito a toda interação feita com o ambiente observado e também com outras pessoas, conversas, trocas de informações. Esse processo também é fundamental para a próxima etapa.

 

“Estalo” – É quando uma idéia aparece, é a hora em que juntamos informações e pelo que tudo indica foi criada uma nova idéia.

 

Patrocínio – Nessa parte a idéia criada no estalo precisa ser validada por outras pessoas, organizações etc, é quando a idéia passa a ser aceita.

 

Formatação – Dar corpo a idéia, formalizar, deixar mais clara.

 

Relevância – Nessa fase, colocamos a idéia a prova, fazemos testes, questionamos, depois dessa fase a idéia passa a fazer sentido.

 

Aprofundamento – A última  fase, diz respeito a transformação da idéia em produto. Leia mais no blog do Vinicius Postai.

inovacao_conceito

Read Full Post »