Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘comunicação interna’

Dentro da organização, conviver com a “fogueira das vaidades” não é nada fácil. Em diversos organismos empresariais, desde os pequenos aos grandes complexos empresariais, muitos convivem com pessoas que apesar de competentes, são extremamente vaidosas. Pior: não sabem administrar a vaidade.

No universo fashion, no mundo da moda, é compreensível a luta para se tornar a atração dos holofotes. Porém, dentro das empresas as disputas rompem o limite do espelho e ganham as “raias da loucura”, a busca insana pela “liderança”. Quem manda mais, quem pode mais, quem é o centro das atenções, etc. O verdadeiro líder, porém, não se envaidece da posição que ocupa. Ao contrário, estimula a divisão de “poder” e concede aos seus liderados a liberdade para agir sem medo, assumindo riscos e responsabilidades.

Uma infinidade de falhas na comunicação empresarial acontece justamente porque o corpo funcional vive num ambiente onde há “estrelas demais para platéia de menos”. Pior que conviver com grupos vaidosos ou “líderes narcistas” é condicionar o resultado ao atendimento ou não da vaidade da liderança corporativa. Para muitos executivos, pouco importa o desempenho da organização, o importante é ele ser citado em solenidades, sair em colunas sociais, receber deferência dessa ou daquela autoridade, ser amplamente reconhecido e jamais ser contrariado.

Para resolver isso, pouca coisa ou nada o gestor de comunicação poderá fazer. Uma solução, porém, reside no campo da gestão de pessoas. Realizar treinamentos corporativos sobre as conseqüências nefastas da comunicação interna ineficaz, onde todo o processo comunicativo se baseia na valorização da vaidade organizacional. Muitas organizações estão fazendo o caminho de volta começando a observarem-se melhor. Até que ponto estimular a vaidade empresarial ou fazer vistas grossas para esse problema compromete a desempenho interna e externa da organização? Leia mais e comente no blog Comunicação Empreendedora.

Anúncios

Read Full Post »

Manter uma boa comunicação com seus empregados é realmente importante para uma empresa?

Para respondermos esta pergunta vamos analisar duas empresas fictícias, a saber, a empresa A e a empresa B.

A empresa A é administrada por um empresário muito reservado, centralizador, e que não tem o hábito de conversar com seus empregados. Nesta empresa o papel dos empregados se limita ao cumprimento das normas fixadas pelo empresário, não se admitindo questionamentos, muito menos criticas sobre suas decisões ou sobre o modelo de negócios adotado pela empresa. Nela, sugestões ou críticas não são bem-vindas, antes, são encaradas como perda de tempo ou como demonstração de má-vontade por parte dos empregados que as façam.

Já na empresa B, o empresário é uma pessoa acessível, de mente aberta, que sabe delegar responsabilidade, sempre disposto a ouvir seus empregados. Nela o empresário estimula as sugestões e críticas de seus empregados em relação a qualquer assunto ligado à empresa. Nesta empresa os empregados sabem que podem expor suas idéias, sugestões e críticas, sem medo de sofrerem retaliações.

Qual das duas empresas terá maior chance de sucesso? Leia mais e comente no blog do Boris Hermanson.

comunicacao

 

Read Full Post »

Para Elizabeth Matias a comunicação não é apenas o relacionamento externo com a imprensa. Ela deve envolver os funcionários, fornecedores, clientes e a comunidade no entorno da empresa. Poucos executivos reconhecem na comunicação uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento do negócio.

 

As grandes já descobriram e investem “pesado” em políticas de endomarketing e comunicação interna. A importância da área é tal que, se pensarmos que o atual ministro do Desenvolvimento, o jornalista Miguel Jorge, foi diretor de redação de (“O Estado de São Paulo) e diretor de comunicação da extinta Autolatina, veremos que definitivamente o desenvolvimento passa pela comunicação.

 

E as pequenas empresas como percebem e tratam a comunicação interna? Quer saber mais, leia aqui.

 

Read Full Post »