Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘como vender mais’

Conseguir um preço compensador, um volume que valha a pena, organizar uma estrutura e sistema de trabalho competitivos e conseguir desperdício “zero” na operação, são outros desafios de quem monta uma empresa. Mas vender, conseguir vender é de longe o desafio mais difícil e fatal.

Se não vender a empresa quebra.

Muitos iniciam uma empresa, quando indústria, pensando apenas na capacidade de produção, porque sabe produzir algo. Ou empresa de serviço, apenas porque tem alguma habilidade produtiva. Outros, dispondo de um imóvel, já partem para a montagem de um comércio. Ter tecnologia, habilidades em prestar serviços ou imóvel, são, sem nenhuma sombra de dúvida, componentes importantes na consideração para a montagem de negócios. Mas não são suficientes. Não se pode esquecer que todos estes componentes podem ser obtidos de outras formas. Não precisam ser atributos dos sócios.

No entanto, o modelo de negócio que viabilizará as vendas expressa a competência dos sócios na montagem do negócio. Encontrando o “pulo do gato” que levará ao volume de vendas que valha a pena montar o negócio, os demais componentes podem ser obtidos: compra-se a tecnologia, a mão-de-obra especializada, ou o ponto comercial adequado. Mas o “modelo de negócio” é criação dos sócios.

O processo de vender envolve duas etapas. Leia mais e comente no Ágil + Frágil.

Anúncios

Read Full Post »

Nas datas comerciais como Natal, Dia das Crianças e também  Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia dos Pais, os consumidores têm naturalmente uma predisposição a mais para ir às compras. Todos nós ficamos tomados pelo impulso de presentear um parente, um amigo, colegas, e os apaixonados ficam completamente sem controle. Comprar é a ordem do nosso comportamento nestas datas. Assim, parece que vender nestas épocas fica mais fácil, mas não é verdade.

Se por um lado as pessoas estão com maior impulso para comprar, elas estão também muito mais seletivas. Por isso vender significa também influenciar a decisão de compra do cliente. Pelo menos os produtos devem ser apresentados de forma a demonstrar que atendem ao benefício que o comprador espera deles.

Muitas providências devem ser tomadas para um excelente aproveitamento da disposição de compra nestas datas.

Reforço aqui a questão do visual da loja. Isto porque mais de 90% dos fatores que podem influenciar a decisão de compra são captados pelos olhos do cliente.

Portanto, tudo que estiver à vista em uma loja deve contribuir para atrair o cliente, vender e provocar vendas adicionais.

Talvez nas vendas adicionais esteja o segredo de vender mais nestas datas. Ser criativo para combinar produtos, conseguir o entusiasmo da equipe de vendas ou de quem tiver o primeiro contato com o cliente, ser orientador na exposição e demonstração dos produtos, são providências simples, mas de efeito grandioso nas vendas.

Mas de modo geral, todos os dias, e também nestas datas, atrair e manter clientes é o desafio permanente da equipe e do próprio empresário.

Todos os detalhes da operação podem fazer a diferença na percepção do cliente. O ambiente precisa vender para você. Quer saber como fazer isso na sua empresa? Leia mais e comente no blog Ágil + Frágil.

comerciovarejista

Read Full Post »

Para um cliente, não há nada mais sedutor do que uma promoção. “Leve três, pague apenas dois!” “Compre uma pizza grande e leve um refrigerante grátis!” “Venha com quatro amigos ao nosso restaurante no dia do seu aniversário e ganhe um sanduíche de graça!” Palavrinhas mágicas como essas são tiro e queda para atrair os tipos mais consumistas. Empresas que oferecem promoções são como rapazes galanteadores. Com um charme inigualável, deixam as mocinhas enfeitiçadas por eles.

 A promoção apela para o lado emocional do consumidor e o leva às compras muitas vezes por impulso. Lembre-se: ofertas atraentes despertam desejo. Mesmo que o frasco de uma determinada marca de xampu ainda esteja na metade, é bastante provável que o usuário do produto adquira mais um pote se o kit com o condicionador estiver com desconto. Ao se deparar com uma promoção como essa, o cliente desobedece a orientação da lista de supermercado e se entrega à tentação.

 O desconto é um fator de decisão no momento da compra. Se a qualidade do produto for similar, os consumidores dão preferência às lojas que fazem promoção. Isso ocorre principalmente porque a oferta de produtos é geralmente maior do que o número de pessoas dispostas a consumi-los, o que torna a concorrência acirrada. Além disso, comerciantes que adotam essa tática demonstram preocupação em proporcionar tratamento diferenciado aos clientes. Se a loja não faz promoção, o mercado cria uma aversão natural à empresa.

 Onde como inovar nas suas vendas? Leia mais no Faça Diferente!

Boca no trombone

Read Full Post »